Captação e formação de talentos: desafios em tempos de aquecimento

Redação Enredes / 20 de outubro de 2021

O mercado imobiliário vive um momento de expansão, com a multiplicação do número de canteiros em diferentes localidades. No entanto, a limitada oferta de profissionais qualificados para atender a demanda das empresas para gestão e operação das obras faz acender um alerta para a ameaça de um apagão de talentos. Ao mesmo tempo, o setor vem sendo impactado pela inovação, pela transformação digital e pela valorização dos princípios ESG (Environmental, Social and Governance). Diante de um contexto tão desafiador, a pressão para contratação e retenção de pessoas capazes de atuar nesse cenário de alta complexidade é inevitável.

Para debater um tema tão pertinente, o CTE enredes promoveu, no último dia 30 de setembro,  o webinar “Competências e habilidades profissionais para a construção do futuro”. O evento, transmitido pelo YouTube, mostrou que, para atuar na construção civil, o profissional deve combinar uma série de habilidades técnicas e humanas. “Nessa área, vemos frequentemente pessoas competentes, com excelentes currículos, demitidas por questões comportamentais”, salientou a consultora e coaching Lucedile Antunes. Por isso, segundo ela, é tão importante as empresas buscarem meios para desenvolver, em suas pessoas, competências comportamentais (soft skills) como empatia, adaptabilidade e comunicação. 

Para Rubia Moreira, gestora de RH na MPD Engenharia, as habilidades e competências mais desejadas pelas construtoras são as que promovem a melhoria dos processos. “O profissional valorizado é aquele que atua como um agente de transformação e se comporta de forma agregadora”, afirmou ela. 

“Nos dias atuais, o colaborador precisa assumir um protagonismo para entender o mundo em que está inserido e estabelecer uma jornada própria de desenvolvimento. Ele também deve compreender que a era da competição agressiva ficou para trás e que precisamos nos conectar e trabalhar em redes”, acrescentou Renata Meireles, gerente de pessoas e performance na Cyrela. 

COMPETÊNCIAS TÉCNICAS

Em um setor onde dispor de sólidos fundamentos técnicos é primordial, as organizações precisam desenvolver mecanismos para garantir a gestão de conhecimento e que o controle de qualidade aconteça como esperado. Nesse sentido, o engenheiro da obra é um elemento essencial para o sucesso. “Essa liderança atua como um guardião para que as coisas aconteçam em alinhamento com os procedimentos e ajuda a manter a cultura corporativa, mesmo em um ambiente de alta volatilidade”, disse Renata Meireles.

As construtoras também não podem se desvincular de seus papéis como geradoras de empregos e desenvolvedoras de pessoas. “É uma responsabilidade das nossas companhias acolher jovens profissionais e apoiá-los em suas jornadas”, lembrou Rubia Moreira.

BOAS PRÁTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

Na visão de Mário Rocha, CEO na Rocontec, a ameaça de apagão de mão de obra é real e as empresas que não conseguirem lidar com isso, estão fadadas ao fracasso. “Para mitigar o risco e garantir que só tenhamos bons profissionais em nossa organização, apostamos no desenvolvimento contínuo das pessoas”, revelou Carol Caldeira, gerente de talentos na Rocontec. 

“Outra prática que nos ajuda a ter um time forte é contratar não só pelo conteúdo, mas pela essência da pessoa e por sua disposição de aprender. Não basta olhar apenas para a competência técnica. É preciso haver uma conexão de propósitos entre empresa e colaborador”, complementou Rocha.

“Nessa jornada, é fundamental que as empresas trabalhem com programas de desenvolvimento de competências técnicas e mentorias para compartilhamento de experiências e conhecimentos”, recomendou Lucedile Antunes, enfatizando que o profissional do futuro precisa ser mais empático e desenvolver um mindset digital. 

Outras habilidades apontadas como fundamentais para os profissionais que atuam na cadeia da construção são: criatividade, bom relacionamento em todos os níveis e capacidade para a resolução de problemas complexos com o apoio de análise de dados e tecnologias digitais.

Clique aqui para assistir na íntegra o webinar “Competências e habilidades profissionais para a construção do futuro” no canal do CTE Enredes no YouTube.

ator Redação Enredes

Notícias Relacionadas