Encontro de diretores e gestores da construção

VEJA AS FRASES DE DESTAQUE DOS PALESTRANTES DURANTE A OFICINA 
"As empresas, para aumentar seus índices de produtividades, devem investir na inovação tecnológica e de seus processos, e não em relacionamentos movidos a vantagens.”
José Paulo Silveira
(Sócio e Consultor da JPL e Diretor Executivo da FBTS)
 
" A inovação começa na cabeça. Por isso, mentes à obra!”
Luiz Augusto Milano
(Presidente da Matec Engenharia)
 
"Os desafios da produtividade da construção civil no Brasil envolvem hoje inovação, industrialização e planejamento.”
Paulo Rico Perez
(Diretor de Projetos – Marketing Habitat do Grupo Saint-Gobain)
 
"A crise de incertezas e fragilidades no campo fiscal, econômico e político, será superada com a costura de um grande acordo, que privilegie as instituições e viabilize um projeto de crescimento do país.”
Antonio Kandir
(Economista e Conselheiro de Empresas)
 
"No longo prazo, há expectativa de expansão tanto do segmento imobiliário quanto de infraestrutura, devido principalmente ao elevado déficit habitacional e à carência de rede de transportes no país.”
Amaryllis Romano
(Sócia da Tendências Consultoria Econômica)
 
"Necessidades geram novas ideias, que mudam as pessoas, os comportamentos, a sociedade, os produtos e serviços.”
Sandro Gamba
(Presidente da Gafisa)
 
"O aumento da produtividade acontece quando os envolvidos, mesmo nos canteiros, sabem o porquê, como e para quem estão produzindo, e são motivados a isso.”
Jorge Arraes
(Secretário de Concessões e Parcerias Público-Privadas do Município do Rio de Janeiro)
 
"A principal estratégia das incorporadoras neste momento será evitar riscos, concentrando seus esforços principalmente na geração de caixa e redução de unidades em estoque.”
Emílio Fugazza
(Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Eztec)
 
"Devemos investir na alta profissionalização do setor, em Engenharia, Marketing, Leis, Contabilidade, e conhecer a nova realidade do mercado.”
Emilio Kallas
(Presidente da Kallas Construtora e Incorporadora)
 
"O ritmo de investimentos está mais cauteloso, mas enxergando oportunidades seletivas em vários segmentos do mercado da construção.”
Marcelo Jensen
(Diretor de Real Estate do Pátria Investimentos)
 
VOLTAR