veja nosso
último artigo

Atualidade 29 de Abril de 2020

Sustentabilidade da construção com o foco na saúde dos usuários

Em nosso último Webinar sobre a Sustentabilidade com Foco na Saúde dos Usuários, realizado no dia 23 de abril, contamos com a participação dos seguintes convidados: Felipe Faria, Presidente do Green Building Council - GBC Brasil, Ana Paula Dominguez, Gerente de Meio Ambiente da Benx Incorporadora, Lula Gouveia, Diretor da SuperLimão Studio, e Adriana Hansen, Gerente de Consultoria de Sustentabilidade do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações.

Nesse debate, Roberto de Souza, CEO do CTE e idealizador do enredes, direcionou os participantes a contarem suas experiências sobre o Avanço das Certificações Sustentáveis no Brasil, incluindo uma discussão sobre o Movimento da Saúde e Bem-Estar e fechando com uma reflexão sobre os Impactos das Premissas Sustentáveis no Pós Covid-19.

O Avanço das Certificações Sustentáveis no Brasil

O presidente do GBC Brasil, entidade responsável por trazer a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) para o Brasil, conta que a certificação sustentável foi uma ferramenta de avanço para o mercado imobiliário, que teve início com os empreendimentos corporativos, mas que hoje já é empregada em outras várias tipologias.

Na visão de Felipe Faria, esse movimento se concretizou graças ao engajamento e colaboração das empresas do setor da construção e seus profissionais. Adriana menciona que, em particular, o CTE contribuiu imensamente para a difusão das certificações sustentáveis, tendo participado em 260, dos 600 projetos certificados LEED no Brasil.

Ana Paula conta que o movimento dos edifícios sustentáveis fez com que o mercado incorporasse os conceitos e práticas das certificações, inclusive em empreendimentos não necessariamente certificados, como as HIS (habitações de interesse social) e MCMV (Minha Casa Minha Vida).

O convidado Lula Gouveia relembra que a sustentabilidade pode ser aplicada nos empreendimentos por meio dos conceitos de arquitetura bioclimática, mesmo sem as certificações, mas que estas são importantes de fato, pois garantem que o empreendimento seja sustentável e não um greenwashing.

Escritório do CTE projetado pela Superlimão. Toda a arquitetura foi pensada na saúde e bem-estar dos colaboradores.

Escritório do CTE projetado pela Superlimão. Toda a arquitetura foi pensada na saúde e bem-estar dos colaboradores.

O Movimento da Saúde e Bem-Estar da Sustentabilidade

No início dos processos de certificação sustentável o foco era o impacto no meio ambiente, mas, nos dias de hoje, não basta mais certificar o empreendimento, cuidar do meio ambiente e não associar a este contexto o indivíduo, que é quem irá usufruir do espaço. Assim, percebe-se uma onda de preocupação crescente, com os impactos dos projetos na saúde e bem-estar das pessoas e o surgimento de novas certificações como o Well e Fitwel (conheça mais sobre essas certificações clicando aqui).

Felipe aponta, como um dos motivos para essa nova realidade, o entendimento do mercado de que um ambiente mais confortável e saudável garante o aumento da produtividade nas atividades laborais. Ana Paula exemplifica essas preocupações com os usuários com investimentos aplicados no empreendimento Parque Global, do qual ela é uma das responsáveis. Para os edifícios residenciais, foi dada uma importância grande para projetos externos com áreas verdes e que incentivasses os exercícios físicos e para projetos de ambientes internos, com conforto acústico e térmico, por exemplo.

Adriana, que participa do projeto para certificação, conta que a certificação escolhida para as torres residenciais do Parque Global foi a Fitwel. Um dos pontos colocados pela Gerente de Sustentabilidade, foi a existência de inúmeras tecnologias desenvolvidas, em especial para o conforto, saúde e bem-estar do ocupante. Ela cita tecnologias de qualidade do ar como os ionizadores e os sensores de monitoramento de CO2, VOCs, material particulado e até dos níveis de ruído.

Lula Gouveia reconhece o surgimento de tecnologias cada vez melhores e complementa que a realidade tecnológica de hoje nos permite utilizar tecnologias novas para problemas antigos e ao mesmo tempo utilizar técnicas antigas para problemas novos.

Impactos nas Premissas Sustentáveis Pós-Covid-19

Provocando uma reflexão mais filosófica, Roberto de Souza pergunta aos convidados suas opiniões quanto aos impactos nas premissas sustentáveis em um mercado pós-Covid-19.

Felipe acredita que o grau de preocupação com a saúde pública e segurança sanitária será maior, além do crescimento da inteligência artificial que será incorporado às edificações sustentáveis. Adriana e Ana Paula esperam que a mudança seja positiva, tanto na forma de pensar o desenvolvimento urbano sustentável, quanto na forma de projetar espaços abertos e coletivos, que tiveram sua importância evidenciada principalmente depois do confinamento e distanciamento social.

Lula acredita que o futuro será híbrido: técnicas passivas complementadas por tecnologias ativas e que outros aspectos são imprevisíveis e irão depender da mudança comportamental que a pandemia trará. Na opinião dele, isso irá ditar as novas premissas de projeto sustentável, direcionar a utilização de tecnologias e transformar, inclusive, as políticas empresariais quanto ao trabalho remoto, por exemplo.

No encerramento do Webinar, Roberto questiona a atuação da sustentabilidade no quesito social e expõe seu incômodo com o fato da sustentabilidade não ser para todos. Para ele, o mercado precisa descobrir uma forma de ser mais abrangente, de atender a uma população que não tem sequer tem moradia digna. Na opinião de Felipe, isso se concretizará por meio de investimentos em projetos de construção industrializada; dessa forma construções sustentáveis serão mais economicamente viáveis. Lula, Adriana e Ana Paula concordam e reforçam que a sustentabilidade é um direito universal e que o mercado precisa abrir os olhos para a população mais vulnerável.

Para ver o conteúdo na íntegra acesse o link abaixo:

 

 

Deixe seu like, comentários e não se esqueça de se inscrever em nosso canal e ativar as notificações para ficar sempre ligado em tudo o que acontece por aqui! Toda semana acontece um Webinar com novos temas e convidados!  

Seguimos juntos! De casa, mas conectados (sempre)!