veja nosso
último artigo

Atualidade 4 de Novembro de 2020

Sistema BIM: o que é e os benefícios para a construção civil

Leonardo Jacomini

Resumo do texto

  • BIM é um sistema que substitui modelos 2D e até 3D;
  • O sistema é mais do que modelagem 3D na construção civil, já que a partir dele é possível integrar equipes, informações, dados e gerar objetos paramétricos;
  • Alguns dos benefícios para a construção civil são: agilidade, redução de custo, eficiência, permite diversas áreas trabalharem juntas e redução de erros comuns. 

O Building Information Modeling, em português, Modelagem da Informação da Construção ou popularmente chamado de BIM, é um novo conceito em sistema de modelagem 3D para obras que permite ter uma visão mais real e fiel desde o projeto até a finalização do produto.

Quem é do setor conhece ou já deveria conhecer o sistema BIM, aliás, ele deve ser o futuro da construção e uma ferramenta indispensável para diversos profissionais, já que ele permite uma integração completa entre as áreas que compõe o projeto. 

Uma obra por si só já é complexa e compreende diversas competências, burocracias, gerenciamento de materiais, pessoal, documentos, entre outros. Imagina então ter um sistema que possa englobar tudo isso e entregar de uma forma descomplicada as informações e o andamento da obra? O BIM pode. Assim é possível tornar processos fluidos através de planejamentos mais alinhados e atividades programadas.

O que é o BIM?

Explicando resumidamente o principal ponto do BIM consiste reunir diversas informações das mais diversas áreas que compõe uma obra dentro de um único sistema. Quem trabalha com a parte de “escritório” de uma construção, sabe o quanto é difícil organizar tantas informações e deixar isso claro para a equipe do canteiro. Esse sistema de modelagem também é muito colaborativo na parte de gestão, como orçamento, cronogramas, licenças e tantos outros detalhes.

Por isso é comum afirmar que o futuro da construção civil é ter o BIM como protagonista, já que ele ajuda em grande parte a organização dentro e fora do canteiro de obras e fornece todas as informações em um só lugar.

Além disso, os profissionais se conectam de forma otimizada, que começa no projetista e passa pelo arquiteto, engenheiro, pessoal de obras e até os fornecedores. Ainda conta com projeto hidráulico e elétrico, utilizando o mesmo arquivo em tempo real. Essa é a grande sacada do BIM: é mais do que modelagem simples 3D, pois engloba os principais pontos do início até a entrega da construção, eliminando erros antigos e desperdícios.

Sistemas como CAD vão ficando cada vez mais no passado por contarem com tecnologia 2D. As modelagens 3D são realidade, mas o BIM consegue ir além. A partir da utilização desse método é possível contar com objetos paramétricos, ou seja, cada um pode conter informações que agregam ao trabalho de outros profissionais e como consequência enriquecem a construção.

Os materiais podem receber valor, qualidade, marca e outras especificações que dão valor ao visualizar a obra como um todo. Uma riqueza de detalhes e informações valiosas que todos têm acesso.

Problemas que o BIM pode eliminar

Comparando com a construção em modelagem 2D ou simples 3D, o BIM se mostra a frente em questões antigas e mal resolvidas durante uma obra. Esse sistema é capaz de eliminar alguns problemas e “dores de cabeça”.

Um deles é o quantitativo de uma obra. Muitas vezes o material fica encalhado ou até em quantidade superior dentro do canteiro. Além da poluição visual que pode atrapalhar os colaboradores, o maior problema é o desperdício ou até a falta dos insumos.

O BIM pode solucionar o problema de números divergentes de materiais do começo da obra, do orçamento fechado e dos fornecedores.A partir de um cálculo exato, é possível saber o momento exato de determinado material entrar no canteiro em quantidade correta.

Sem esquecer também de um ponto importante e que vem sendo discutido: a sustentabilidade na construção civil. Mais uma vez o sistema pode ajudar nessa questão, indicando possíveis erros e apontando otimizações em consumo de água, energia e a destinação de resíduos da obra.

Vantagens do sistema

Você já leu alguns dos principais benefícios da aplicação do BIM em uma construção. Vamos elencar alguns deles aqui resumidamente. Confira:

1 - Cumprimento de datas e prazos - através da automação e informações centralizadas, fica fácil saber o andamento da obra, além de contar com análises em tempo real remotamente e com precisão de dados, isso faz com que os processos andem conforme o estipulado em cronograma.

2 - Mais qualidade - a partir da flexibilidade na exploração e alterações no projeto ou documentação, permite que a equipe não perca tempo com processos desnecessários, o que acaba dando qualidade a problemas realmente importantes.

3 - Agilidade - o BIM permite que todos os dados e outras informações sejam alocadas em um só lugar. Além de integrar times, melhora a comunicação, um dos maiores problemas dentro das empresas e que acaba gerando lentidão na tomada de decisões.

4 - Custos menores - o sistema BIM também contribui para redução de gastos na construção civil, já que é possível diminuir pessoal e aumentar a qualidade com a redução do retrabalho por falta de comunicação ou erros comuns de outros modelos.

5 - Possibilidade de testar - antes de começar e saber se vai dar certo, o BIM permite que se teste antes e prove a eficácia.

6 - Dados precisos - materiais, medições, contratempos, quando entra ou sai algo da obra, o que pode faltar e o gerenciamento completo pode ser eficiente a partir dos dados gerados no BIM.

Sistemas BIM programas

Conheça alguns dos softwares mais utilizados do mercado que contam com o BIM, esse processo de modelagem que é mais do que 3D, um verdadeiro complexo de informações, integração e objetos paramétricos.

  • Autodesk Revit BIM - principal software para BIM, utilizado no mundo todo (versão gratuita para avaliação);
  • Archicad - Graphisoft (avaliação gratuita por 30 dias);
  • Autodesk 360 BIM;
  • BIMobject (gratuito);
  • Vectorworks Architect - Nemetschek (versão de teste gratuito);
  • Eberick
  • BIM X (voltado para arquitetos);
  • Qibuilder - AltoQi (paga);
  • Free CAD (gratuito);
  • Tekla Model Sharing (voltada para trabalho em equipe).

Para que o BIM seja realidade nas empresas, é preciso que toda a organização busque entender sobre ele e suas aplicações. Quando há dependência de um projetista, é complicado para a construtora demandar trabalhos

O sistema que torna as construções mais produtivas precisa de uma adoção massiva dos profissionais através de capacitação, e é importante estar atento a essas mudanças, já que o BIM é o futuro e quem não estiver alinhado a isso, pode perder espaço em pouco tempo diante de tantos benefícios que o sistema agrega.