veja nosso
último artigo

Mercado 12 de Junho de 2020

A retomada do Mercado Imobiliário Pós-COVID19

As empresas têm sofrido quedas em meio a crise do novo coronavírus. Com o setor imobiliário não foi diferente. Esse é um momento de tentar equilibrar os trabalhos, com projetos parados e a baixa na procura por novos empreendimentos. Entre os meses de maio e junho o CTE enredes vem realizando diversos webinars sobre os novos rumos do mercado da Construção Civil em meio a crise Covid-19. Já foram realizados 11 encontros virtuais com diversos convidados de empresas líderes do setor discutindo diversos temas. No Post de hoje, vamos falar sobre o Webinar: Retomada do Mercado Imobiliário Pós Covid-19!

O webinar realizado em nosso canal, no dia 21 de maio, trouxe os convidados: Bira Ferreira, CEO da Tegra Incorporadora, Ale Frankel, CEO da Vitacon & Housi, André Abucham, CEO da Engeform e Carlos Borges, CEO da Tarjab para um debate sobre os desafios vividos para a retomada do mercado no setor imobiliário, mediado por Roberto de Souza, Founder e CEO CTE enredes.

O impacto da COVID-19 no setor imobiliário

A crise provocada pelo novo coronavírus afetou todas as empresas do setor imobiliário. De acordo com Bira Freitas, a Tegra, em março teve uma grande queda, depois de passar o primeiro bimestre em alta. Além disso, alguns lançamentos adiados de mais de 600 milhões. A primeira medida que não só ele, mas muitos empresários tomaram assim que a pandemia foi declara, foi o cuidado com os colaboradores. Além de mandar grande parte da equipe para home office, as obras também tiveram que adotar novos protocolos de segurança.

Para o CEO da Vitacon, Alê Frankel, o setor viu uma baixa de 70% em vendas no alto padrão. Já em alguns empreendimentos, como o Minha Casa Minha Vida, os impactos foram menores. Além disso, o setor de locação começa a voltar, depois de uma queda de 13%, motivada pelas incertezas do momento.

A transformação nas empresas já começa a ser visível, ainda mais se tratando de gestão empresarial e, elas devem ser implementadas pós-pandemia. "As organizações tiveram que se adaptar às medidas de isolamento e adoção do digital. Cuidados com a saúde do colaborador e a melhoria da experiência online do cliente, foram algumas preocupações tomadas na empresa", complementa Carlos Borges, CEO da Tarjab.

As mudanças de comportamento

As mudanças não serão particularidades das empresas, mas sim observadas em toda a cadeia de consumo. A renda das pessoas tende a cair nesse momento, afetando as decisões de compra, seja por medo de novos negócios não darem certo ou até por uma possível demissão.

Bira, alerta que as empresas têm que trabalhar com um cenário de forte queda, ser realista, mas que para ele, a retomada deve ocorrer de forma rápida. O COVID-19 têm sido um acelerador de coisas. O Home office e o delivery, são exemplos do que deveriam ser adotados por grande parte das empresas a longo prazo, mas tiveram que ser adaptadas da noite para o dia.

No setor imobiliário, Ale diz que, o aluguel deve ter um aumento em comparação às vendas nesse novo comportamento. Para ele, uma das coisas mais inteligentes a se fazer em prol da retomada, é deixar de lado o pensamento retrógrado quanto à concorrência e unir forças para gerar uma transformação de cultura do mercado.

André Abucham, CEO da Engeform, reforça que é preciso se preocupar com a saúde de seus funcionários, como ergonomia, espaço e equipamentos de trabalho. "Profissionalmente falando, as mudanças de comportamento também são esperadas dos colaboradores. O home office deve ser implantado de forma definitiva em muitas organizações, por isso, a necessidade de capacitação", conclui. 

O que esperar de novo no setor imobiliário?

A nova demanda do consumo de moradia deve ser uma das novidades na “nova normalidade”. Alê afirma que, a moradia por assinatura, um novo modelo do setor imobiliário, ainda deve ser muito discutido. As empresas nesse momento e daqui para a frente, precisam pensar mais nas reais necessidades de seus clientes e em campanhas mais assertivas, não somente “empurrar” anúncios.

O pensamento Lean deve ser incorporado fortemente no futuro. É um modo de pensar em táticas que geram valor ao cliente e eliminar atividades desnecessárias, que consomem tempo e dinheiro. "Repensar os espaços corporativos, deslocamentos e sustentabilidade, já devem ser pautas nas empresas", destaca André.

Bira expõe um lado mais humano na questão do que ele espera para o setor e sociedade como um todo. Para ele, é preciso que as ações solidárias que estão acontecendo em todo o mundo fiquem pós-crise.

Ele complementa dizendo que, as empresas que vão sobreviver dependem de três coisas:

  • Boa estrutura de capital
  • Ótima governança
  • Inovação

As empresas inovadoras devem ter bons resultados e se manterem firmes nesse chamado “novo normal”. Para que isso aconteça, se espera uma integração maior entre times, adaptação de ferramentas e adoção de novas habilidades e competências profissionais, e o momento pede isso, aliás, fornece ajuda ao provocar desconforto para que empresários busquem criatividade.

Quais as melhorias devem ser implementadas?

Para Carlos, a sustentabilidade e a industrialização poderão andar mais juntas, começando desde agora. Novos espaços e necessidades devem ser incorporados aos projetos. A industrialização já é algo antigo, mas ainda continua com a tecnologia convencional e isso precisa ser acelerado. A digitalização das organizações também é outro ponto importante a ser implementado com urgência e essa pandemia alertou empresários sobre isso. Carlos enfatiza que, “empresas que não são digitais, já morreram”.

Para André, uma das melhorias é a combinação do sistema BIM com o pensamento Lean. Esses sistemas de industrialização são importantes para agilidade dos negócios.

Três vertentes são necessárias hoje em dia para uma boa retomada: Industrialização, sustentabilidade e digitalização, segundo os convidados. Mais do que nunca, espera-se que, as empresas sejam genuínas, ou seja, que transmitam a verdade e coerência em seus atos. 

Para assistir o Webinar na íntegra, clique na imagem abaixo.

Aproveite para assinar o nosso canal e ficar por dentro de todas as novidades!