veja nosso
último artigo

Inovação 11 de Novembro de 2020

10 Novidades e tendências da construção civil

Leonardo Jacomini

Resumo do texto 

  • O mercado da construção civil estava em um ótimo recomeço a partir de 2019, mas com a crise do coronavírus teve que mudar, ou melhor, evoluir para continuar crescendo;
  • As tendências foram fortemente observadas durante a pandemia, como a necessidade de se apoiar em tecnologia e digitalizar processos;
  • Todas as novidades do setor começam e só são possíveis através da transformação digital das empresas;
  • Entre as 10 novidades do setor estão o uso do BIM, sustentabilidade, construção modular e impressão 3D.

Após ter um 2018 conturbado em questões econômicas, o mercado da construção voltou a crescer em 2019 e estava otimista para o próximo ano. A crise provocada pelo coronavírus adiou os planos e amargou uma previsão de PIB negativo em 2020. Mas, ainda nesse cenário é possível falar em novidades e tendências interessantes da construção civil para o futuro.

Passada a primeira fase de retração e falta de perspectivas, o setor começa a voltar e trabalhar forte para que os impactos negativos sejam os menores possíveis. O setor de obras não teve uma paralisação significativa. Estima-se que o atraso em São Paulo, por exemplo, foi por volta de um mês - o que ficou parado mesmo foram os lançamentos e novos projetos.

Toda crise é encarada como possibilidade de mudanças. Principalmente por aqueles que querem fazer a diferença ao invés de cruzar os braços. Essa da Covid-19, mostrou que é urgente às empresas e profissionais se atualizarem e buscarem soluções mais rápidas e eficientes com apoio na tecnologia.

A digitalização do trabalho e processos dentro do mercado civil se mostrou eficiente para manter as vendas na medida do possível, estando mais próximo do cliente e oferecendo saídas estratégicas em um momento em que as pessoas tinham que ficar em casa. Eliminando as possibilidades de fechar contrato presencialmente até visitar um empreendimento.

Além dessas mudanças, abriu-se espaço para um diálogo: o que se espera do futuro da construção? Sabemos que uma coisa é certa: o mesmo de anos anteriores não será mais possível contar. Aqueles que almejam vida longa no mercado, precisam estar antenados com as novidades.

10 Novidades e tendências da construção civil

É importante ficar ligado nas novidades, só assim o setor se torna competitivo e pode atrair mais investidores. Empresas e profissionais precisam se renovar constantemente e estarem capacitados para não perderem espaço e conquistar o cliente.

1 - Transformação digital

Já que começamos esse texto falando sobre, vamos continuar com os principais benefícios. A transformação digital é essencial para que o setor acompanhe as novas tendências do mercado nacional e mundial.

Basicamente, a transformação digital é deixar processos antigos para trás e se apoiar na tecnologia. É muito mais do que só marketing, digitalizar está em poder contar com processos ágeis, eficientes, com menor gasto e garantir estar perto do cliente com soluções otimizadas tanto no canteiro de obras quanto na gestão empresarial.

Hoje é mais fácil localizar todos os arquivos e informações de um projeto em um único lugar, além de organizar todos os documentos e demais burocracias com a digitalização de documentos e processos. E essa é a base para alcançar novos patamares em inovação.

2 - BIM - Building Information Modeling

Como estamos falando em organização, encontrar diversos dados e informações em um único lugar, o BIM não poderia ficar de fora. Esse sistema promete estar diretamente ligado ao futuro da construção civil, já que permite, entre tantas outras coisas, integrar profissionais de diversas áreas além de concentrar todas as informações, documentos, contatos, entre outros em um só programa,

E não é só na parte de projeto que o BIM se mostra eficiente. Ele é um sistema que vai de ponta a ponta, ou seja, até a entrega do empreendimento com auxílio direto no canteiro de obras.

Dá para saber, por exemplo, quando um material deve entrar na obra ou se há perigo de faltar algo. A lista de benefícios é enorme. Por isso, o BIM é com certeza peça fundamental dentro das tendências da construção civil.

3 - Sustentabilidade e sustentabilidade energética

Outra tendência que vem forte e já está em andamento em grande parte das empresas brasileiras é a questão sustentável de uma obra. Saber destinar os recursos e projetar pensando “verde” para que um empreendimento gaste menos energia e consuma menos recursos, é importante para quem constrói e para os clientes também.Além de ajudar o meio ambiente, favorece a redução de custos.

Com as novidades do setor, já ficou para trás a ideia de que alternativas sustentáveis não tem qualidade. Hoje é possível garantir construções eficientes e duradouras.

A sustentabilidade na tendência da construção civil também abre espaço para a concorrência, afinal é um ótimo apelo aos clientes na escolha da empresa que oferece o serviço pensando no meio ambiente e no bolso dele no futuro.

4 - Automação

A partir da combinação de tecnologia e gestão, é possível automatizar processos dentro do canteiro de obras, que entre os benefícios, entrega agilidade, eficiência, reduz gastos e erros humanos, além de qualificar o uso da mão de obra.

A automação na construção civil é mais do que facilidade, mas um conjunto de métodos que garantem segurança e entrega em prazos menores, com aumento de rendimento e aproveitamento também por parte da gestão da empresa.

5 - Realidade aumentada

A realidade aumentada permite que não só profissionais mas também os clientes possam aproveitar os benefícios. Para quem é da área, pode utilizar a tecnologia para visualizar detalhes de uma construção sem mesmo estar pronta e assim reduzir erros. Além de estimular a criatividade dos envolvidos no projeto, deixando de lado somente a perspectiva do papel.

Já para os clientes, é mais uma forma criativa de visitar decorados virtualmente, diminuindo deslocamentos e otimizando o tempo tanto dos consumidores quanto da empresa.

6 - Materiais inovadores

Outra novidade do setor da construção civil para o futuro são os materiais que prometem ser mais eficientes, com custo menor e ainda assim ajudar na questão ambiental. Alguns dos exemplos que devem ser vistos com frequência são:

  • Concreto de PVC
  • Telhas solares
  • Bioconcreto
  • Steel Framing
  • Madeira Engenheirada
  • Madeira translúcida
  • Tijolos sustentáveis
  • Tijolo absorvedor de poluição
  • Hidrocerâmica
  • Concreto bioreceptivo
  • Contrapiso autonivelante
  • Espuma de alumínio

7 - Construção modular

A construção modular também é uma das tendências do mercado a partir de seus efeitos positivos. Segundo um estudo da Turner and Townsend, a expectativa é de que esse tipo de construção tenha um aumento de 6% até 2020 globalmente.

A construção modular é o sistema fábrica - canteiro de obras, ou seja, as partes/módulos da obra são fabricadas e depois montadas. Esse procedimento gera menos gastos com mão de obra e materiais, aumenta produtividade e os prazos de entrega são menores por conta da eficiência. 

Ainda sobre a ótica de benefícios, este método de construção não é destinado somente a comércio ou grandes empreendimentos, mas pode ajudar no déficit habitacional brasileiro, um sistema mais barato e sem perder qualidade.

8 - Inteligência artificial

A aplicação de inteligência artificial na construção civil tem muito a somar em questões sociais e ambientais. A partir de dados coletados, os computadores conseguem processar decisões mais assertivas com o mínimo de intervenção humana. Além de ser uma aliada no canteiro de obras para diversos detalhes que a I.A pode ajudar, ela também contribui para o futuro da construção.

A partir de prédios inteligentes é possível detectar desperdícios com água e energia. Um ar-condicionado esquecido ligado pode ser desligado automaticamente assim que a sala inteligente percebe que não há pessoas.

A inteligência tem muito o que contribuir com a construção civil a partir do momento que garante a melhoria da qualidade de vida das pessoas, sem falar na segurança, que é tão importante quanto.

9 - Impressão 3D

Você já deve ter ouvido falar em impressão 3D e como esse recurso tem inovado diversas produções por aí. Mas, e  na construção civil, como ela pode ajudar? A resposta é justamente na impressão de materiais como peças e módulos de construção. A proposta é que a logística seja otimizada, podendo ser feita essa impressão até mesmo no canteiro de obras.

A impressão 3D é uma novidade do setor, já que promete ter custos menores, facilitar a execução de projetos e utilizar materiais sustentáveis em menor tempo. Por isso, é um potente diferencial.

10 - Drones

Para fechar nossa lista, os drones não poderiam ficar de fora dela, já que são fortes tendências da construção civil e já são utilizadas por muitas empresas em canteiros de obras.

Os drones têm ajudado principalmente no levantamento topográfico e na agrimensura antes mesmo do início da obra. Assim, as medições são mais precisas e ajudam as equipes no início da obra com informações mais detalhadas.

A partir dessa medição por drones, os erros em cálculos são menores, além de agilizar um processo que levaria dias para ser feito por humanos, resultando em maior precisão e redução de custo da obra.

Todas essas novidades e tendências da construção civil refletem diretamente nas carreiras dentro do setor, além das que devem surgir a partir de novas demandas. Por isso é importante que profissionais também atuem para acompanhar as inovações e se atualizarem junto ao mercado. Não adianta nada o setor evoluir e trazer mudanças se os que atuam na área não estão preparados para ela.

Esse esforço também depende das empresas entenderem a necessidade de evoluir e pensar em inovação, pelo menos para aqueles que querem garantir a continuidade no futuro que não deve demorar a chegar.